Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
A importância do registro da especialidade

IMPORTÂNCIA DO REGISTRO DA ESPECIALIDADE JUNTO AOS CONSELHOS REGIONAIS DE MEDICINA

 

O registro da especialidade no Conselho Regional de Medicina é obrigatório para que o médico possa divulgar a sua especialidade.

No capítulo XIII do Código de Ética Médica, que versa sobre publicidade médica, consta no artigo 115 que é proibido ao médico “anunciar títulos científicos que não possa comprovar e especialidade ou área de atuação para a qual não esteja qualificado e registrado no Conselho Regional de Medicina”.  E de acordo com o artigo 118 desse mesmo capítulo, “é vedado ao médico deixar de incluir, em anúncios profissionais de qualquer ordem, o seu número de inscrição no Conselho Regional de Medicina. Nos anúncios de estabelecimentos de saúde devem constar o nome e o número de registro no CRM, do diretor técnico”.

A Resolução 1.701/2003 estabelece os critérios norteadores da propaganda em Medicina, conceituando os anúncios, a divulgação de assuntos médicos, o sensacionalismo, a autopromoção e as proibições referentes à matéria. Esta Resolução normatiza a publicidade, que se entende ser o anúncio por qualquer meio de comunicação incluindo receituário, cartão de visita, matérias, placas de consultório, etc. O Art. 4º da Resolução 1.701/2003 cita que “o médico somente poderá anunciar especialidades quando estiver registrado no Conselho Regional de Medicina em que estiver inscrito”.

O procedimento para registro no CRM é simples. O registro é efetuado perante a apresentação do comprovante de Residência Médica credenciado pelo MEC ou título de especialista emitido pela Sociedade de especialidade, obtido através de prova.

Ressaltamos que a divulgação de listas de especialistas em impressos de empresas de planos e/ou seguros de saúde suplementar também é alvo de fiscalização pelos Conselhos de Medicina. Essas empresas devem informar à população de forma verdadeira e clara, quais são os médicos especializados, com qualificação comprovada, para tratar as doenças dos pacientes que os procuram.

Temos a certeza de que essa norma valoriza e dá credibilidade ao trabalho de médico e resulta em segurança e confiança para o paciente.

Desta forma, alertamos que o anúncio (publicidade) de especialidade médica não registrada no respectivo Conselho Regional de Medicina, constitui infração ética.

 

Cons. Luís Eduardo Barbalho de Mello

PRESIDENTE DO CREMERN

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Norte -Todos os direitos reservados
Av. Rio Branco, 398 – Cidade Alta - CEP 59.025-001 Natal/RN Fones: (084) 4006-5333, 4006-5309, 4006-5310, Fax (084) 4006-5308
e-mail: atendimento@cremern.org.br CNPJ: 24.517.609/0001-09
 

FECHAR X