Segunda-feira, dia 25 de maio, é o Dia Internacional da Criança Desaparecida. O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte – CREMERN, juntamente com o Conselho Federal de Medicina – CFM, realizará visitas aos hospitais da capital para chamar atenção dos médicos e da sociedade para este problema. A campanha teve início no começo do mês quando o CREMERN distribuiu cartazes no interior do Estado.

 No dia 25, um grupo de conselheiros visitarão hospitais a fim de estimular colegas e outros profissionais da saúde a colaborarem na identificação dessas crianças, além de orientar pacientes a evitar o problema.

 Por ano, estima-se que 50 mil crianças somem no país e cerca de 250 mil ainda não foram solucionados. No mundo esse número chega a 25 milhões. “Os Conselhos enaltecem o grave situação que afeta a sociedade brasileira, notadamente a parcela mais carente. Queremos pedir aos médicos para que fiquem atentos, principalmente, os da área de Pediatria, pois é cada vez maior o número de casos”, alertou o presidente do CFM,Carlos Vital Tavares Corrêa Lima.

O assunto também será tema de audiência pública no Senado Federal nesta terça-feira, dia 26, às 9h,no Plenário nº 2, Ala Senador Nilo Coelho, Anexo II. A audiência foi solicitada pela senadora Ana Amélia (PP-RS), por sugestão do CFM.

O integrante da Comissão de Ações Sociais, Ricardo Paiva, ressalta a importância da participação de médicos e sociedade no debate. “Precisamos urgentemente de uma política pública permanente que nos permita avançar e unir toda a Nação para esse grande enfrentamento. No Senado Federal a realização de Audiências Públicas é um dos principais instrumentos de contato com a sociedade, o que faz com que as decisões dos senadores estejam mais alinhadas com a perspectiva da sociedade”.

O assunto também será tema de audiência pública no Senado Federal nesta terça-feira, dia 26, às 9h, no Plenário nº 2, Ala Senador Nilo Coelho, Anexo II. A audiência foi solicitada pela senadora Ana Amélia (PP-RS), por sugestão do CFM. 

O integrante da Comissão de Ações Sociais, Ricardo Paiva, ressalta a importância da participação de médicos e sociedade no debate. “Precisamos urgentemente de uma política pública permanente que nos permita avançar e unir toda a Nação para esse grande enfrentamento. No Senado Federal a realização de Audiências Públicas é um dos principais instrumentos de contato com a sociedade, o que faz com que as decisões dos senadores estejam mais alinhadas com a perspectiva da sociedade”.

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.
AGENDAMENTO ONLINE
Atendimento presencial na sede do CREMERN
Carregando...