O tema ‘Microcefalia’ foi discutido por várias especialidades médicas na noite dessa terça-feira (1), no auditório do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte – CREMERN, em evento organizado pela Associação Norte-riograndense de Neurologia, Neurologia Infantil e Neurofisiologia Clínica, em parceria com o Conselho.

Organizado pelo Dr. Mário Emilio, neurologista, professor da UFRN e atual Presidente da Associação, o evento contou com importante participação de profissionais das mais diversas áreas.

Durante a reunião foram apresentados aspectos do diagnóstico da microcefalia pela Dra. Áurea Nogueira, aspectos radiológicos pelo Dr. Manoel Moreira e aspectos epidemiológicos pelo Dr. Kleber Luz. Todos professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

Tema de grande interesse atualmente para classe médica, pesquisadores e sociedade, a microcefalia tem se tornado uma epidemia e se apresenta com mais perguntas que respostas. “A comunidade científica está debruçada na busca dessas respostas havendo necessidade de medidas rápidas, considerando que a hipótese que se apresenta com maior probabilidade é a associação com a infecção pelo Zica vírus e que este pode ser transmitido pelo mesmo mosquito transmissor de outras doenças”, argumenta Marcos Lima de Freitas, presidente do CREMERN.

Outras hipóteses também estão sendo cogitadas e analisadas pela comunidade científica. Os dados são preocupantes e exige uma postura atuante de gestores e de toda população. “O CREMERN sempre estará presente nas discussões sobre temas médicos de interesse da sociedade”, garante o presidente do Conselho Regional de Medicina do RN.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.
AGENDAMENTO ONLINE
Atendimento presencial na sede do CREMERN
Carregando...